Ouça a Rádio Verdes Florestas

/
Nossa Senhora das Dores – Ipixuna (AM)

Nossa Senhora das Dores – Ipixuna (AM)

Paróquia Nossa Senhora das Dores, atualmente com 10 comunidades, sendo 4 na área urbana e 6 na área rural e a igreja matriz na área urbana.

Em 1958 chegou ao conhecimento da prelazia do Alto Juruá em Cruzeiro do Sul (AC), o desejo de um sacerdote para Ipixuna (AM). Na certeza que seriam atendidos a população ficou na espera, mas sempre em oração e na esperança da resposta de Deus. Nesse período de espera o Senhor Édson Herculano Lima (prefeito de Ipixuna na época), ergueu uma capelinha de São Francisco e ali rezavam, festejavam com a celebração das novenas, pois era um devoto fervoroso de São Francisco.

Em fevereiro de 1961, chegou na cidade de Ipixuna (AM) o Pe. Agostinho, um alemão destemido, um grande profeta recebido por um povo ansioso que tanto o esperava. Logo após sua vinda, chega também para lhe auxiliar o Pe. Teodoro também alemão. O município recém-fundado, sua sede já com numerosas famílias esperançosos por dias melhores.

Intensa e desbravada missão se iniciava na pequena vila, junto de um povo acolhedor que não media esforços para ajudar aos tão esperados padres. A prioridade seria logo a construção de uma igreja. Para iniciar os trabalhos, era preciso uma mão de obra e logo veio para administrar o serviço – o Irmão Shem. Depois veio para auxiliar na construção da igreja e no serviço missionário veio também da Alemanha o Irmão Leão que, com formação e experiência prosseguiram as obras. Graças à ajuda vinda da Alemanha e a contribuição de todos, homens, mulheres e crianças, que se colocaram à disposição, dentro de suas possibilidades, a Casa de Deus finalmente foi concluída, por volta de 1965.

O calendário litúrgico paroquial conta com: A Padroeira Nossa Senhora das Dores e copadroeiro São Francisco de Assis. A devoção aos santos padroeiros é uma das mais fortes demonstrações de fé de um povo que se sente protegido pelo seu intercessor ou intercessora.

A festa da Padroeira Nossa Senhora das Dores, é uma devoção fervorosa à Maria mãe de Jesus e também nossa mãe. Esta prática de fé cada ano cresce, por crermos na divindade de Nossa Senhora, as graças alcançadas e a alegria de sentirmos cheios de amor e das bênçãos, por intercessão da mãe de Deus. Esta festa é celebrada no dia 15 de setembro. Uma grande devoção das sete dores de Maria, para venerá-la e em memória à paixão de seu Filho pela salvação do mundo.

A devoção a São Francisco o Copadroeiro é ainda mais forte, mais fervorosa por milhares de fiéis que se encantam com o seu amor a Cristo e pelas graças concedidas. Antes da fundação da Paróquia, ele já era venerado pelo povo de Ipixuna. Prevalece até hoje essa devoção a São Francisco, a vivência e o carisma deixado pelo Santo: amor, alegria, paz, doação, penitência, a oração. Ele é o modelo que continua vivo entre o povo de Ipixuna e continuará no mundo inteiro por mais e mais milênios. Sua festa é celebrada em 04 de outubro.

Compartilhar: