Viver este tempo especial como um tempo de graça

Caríssimas irmãs, caríssimos irmãos da Diocese de CZS, envio para vocês as últimas decisões e reflexões e um subsídio que pode ser usado para a comunhão espiritual, quando se celebra a Eucaristia via rádio e redes sociais: tem 3 opções de oração. Saúde e bênçãos para todos.

DECISÕES:

    • SUSPENDER a reunião do Conselho Presbiteral, prevista para o dia 30 de março;
    • SUSPENDER o encontro dos padres previstos para o dia 2 de abril.
      • ADIAR A missa crismal que será celebrada quando terminar o período de emergência, em data a ser definida;
    • SUSPENDER a coleta da Campanha da Fraternidade prevista para os dias 4 e 5 de abril.

SUGESTÕES:

  • Hoje – 25 de março – é a festa da Encarnação do Verbo, 9 meses antes do Natal: o Papa convidou todos a rezarmos o Pai-Nosso. Ao meio-dia Dom Flávio irá rezar o Pai Nosso na Verdes Florestas. A sugestão é que cada cristão grave a si mesmo ou alguém da família rezando o Pai-Nosso e depois repasse nas redes sociais. Se o vírus se espalha rápido, nós podemos espalhar a oração rapidamente.
  • Sexta-feira, dia 27 de março, ao meio dia horário do Acre o Papa presidirá uma adoração eucarística com a bênção para o mundo todo (bênção urbi et orbi). Vamos divulgar a notícia e pedir para sintonizar uma TV católica neste horário. Na Catedral de Cruzeiro do Sul vamos fazer a adoração às 17h30, transmitindo pelo Facebook e pela Rádio Verdes Florestas. No final da Adoração, perto das 18 horas, Dom Flávio vai sair da Catedral e, em silêncio, dar a bênção à Diocese de Cruzeiro do Sul do alto do pátio em frente à Catedral.
  • Sábado dia 28 até sexta-feira, dia 3 de abril: Semana da água da vida – Quem está em casa, acompanhando a Santa Missa, prepare água para ser abençoada. Na Bíblia a água é sempre fonte de vida e bênçãos (a primeira leitura de ontem – Ezequiel 47, 1-9. 12 – nos fala disso). Por isso a Igreja Católica sempre deu importância à água benta. Vamos multiplicar a água abençoada nas casas para ser aspergida sobre pessoas e coisas e para ser bebida.
  • Comunhão para quem desejar – Conforme as orientações, as celebrações estão sendo a portas fechadas. Mas há quem deseja receber a Santa Comunhão. Está sendo marcado em vários paróquias um horário em que as pessoas que desejarem a comunhão a possam receber, respeitadas as normas de segurança (distância, receber na mão…). [A paróquia de Aparecida, em CZS, já avisou aos paroquianos que poderão receber a Comunhão no domingo e na quinta-feira pela manhã].

SEMANA SANTA (segundo as orientações recebidas da Santa Sé)

  • Bênção de ramos (4-5 de abril) – vamos abençoar os ramos de quem participa pelos Meios de Comunicação Social das Missas do sábado à noite e domingo. Durante a semana anterior cada um prepare os ramos a serem abençoados.
  • Quinta-feira santa (9 de abril) – na Missa da tarde não se faz o lava-pés (é um rito opcional, mesmo nos outros anos). No final da Missa omite-se a procissão e o Santíssimo é recolhido no Sacrário. Não se faz adoração pública.
  • Sexta-feira santa (10 de abril) – na hora da Oração Universal, acrescentar uma intenção especial pelos doentes, pelos defuntos e por aqueles que sofreram alguma perda.
  • Sábado santo (11 de abril) Vigília Pascal – no início omite-se o acender do fogo e se acende logo o Círio Pascal e, logo em seguida, o Exultet. Segue, como de costume, a “Liturgia da Palavra”. No momento da “Liturgia batismal” somente se renovam as promessas batismais. Segue-se a “Liturgia Eucarística”.

Vamos viver este tempo especial como um tempo de graça, um “kairós”. Não é o tempo da “ira de Deus”, mas é o tempo da graça de Deus. É um retiro espiritual mundial! Não podemos sair deste período como entramos. Devemos sair melhores, mais dinâmicos, com mais vontade de viver, mais agradecidos a Deus.

E contem com a gente!

Muitas bênçãos para todas/os.

Cruzeiro do Sul/AC, 24 de março de 2020

+ Dom Flávio Giovenale, SDB
Bispo diocesano

Como cristãos acreditamos no poder da oração: em todas as Missas e Celebrações da Palavra vamos rezar para que Deus livre o Brasil e o Mundo inteiro desta doença, lembrando de forma especial do pessoal da saúde e dos pesquisadores. Nas famílias vamos rezar o terço, novenas, via sacra; vamos ler a Palavra de Deus, fonte de vida e salvação.

Para nos ajudar neste tempo de recolhimento e “retiro espiritual mundial” segue alguns subsídios:

Proposta da equipe de liturgia da CNBB para a celebração do 5º domingo de quaresma que cada família pode organizar na sua própria casa, independentemente das transmissões das Missas pela TV, rádios ou redes sociais.

Clique em baixo para um subsídio que pode ser usado para a comunhão espiritual, quando se celebra a Eucaristia via rádio e redes sociais: tem 3 opções de oração.

Comunhão espiritual

Para acompanhar as celebrações eucarísticas de março e abril ou para a leitura da Palavra de Deus em família.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.



X