São José, um exemplo de confiança e pureza no coração

São José

São José

No dia 19 de março, celebramos São José, santo que é um exemplo de justiça, fé, paciência, confiança, pureza no coração, trabalho e proteção, dentre muitas qualidades. Santo que vem nos mostrar a figura de pai terreno, a quem Deus confiou o seu Filho para educar. Para todos nós, filhos de Deus, é um exemplo a ser seguido, pois nunca abandonou sua família e a protegeu conforme o Evangelho de São Marcos 2,13-15: “Depois que partiram, um anjo do Senhor apareceu a José em sonho e disse-lhe: “Levante-se, tome o menino e sua mãe, e fuja para o Egito. Fique lá até que eu lhe diga, pois Herodes vai procurar o menino para matá-lo”. Então, ele se levantou, tomou o menino e sua mãe e partiu para o Egito durante a noite, onde ficou até a morte de Herodes.” A exemplo de São José, os pais devem ser protetores, obedientes a Deus. Com esse carisma a São José, as paróquias de Rodrigues Alves e de Eirunepé têm o santo como padroeiro e realizaram uma festa prestigiada por muitos devotos, que também contou com participação de outras paróquias e comunidades. Infelizmente, nesse período de festa e celebrações, nos deparamos com a chegada do coronavírus no estado do Acre, instalando-se, assim, o medo e a sensação de fragilidade frente a esse novo desafio. Diante desta nova situação, nosso pastor, Dom Flávio Giovenale, já encaminhou medidas de prevenção que devem respeitadas acerca da pandemia.

Devoção a São José

São José foi inserido no calendário litúrgico Romano em 1479. Sua festa é celebrada no dia 19 de março. São Francisco de Assis e, mais tarde, Santa Teresa d’Ávila, foram grandes santos que ajudaram a divulgar a devoção a São José. No ano de 1870, São José foi declarado oficialmente como o Patrono Universal da Igreja. O autor dessa declaração foi o Papa Pio IX. No ano de 1889, o Papa Leão XIII, por meio de um de seus grandes documentos, exaltou as virtudes de São José. O Papa Bento XV declarou São José como o patrono da justiça social. Para ressaltar a grande qualidade e poder de intercessão de São José como “trabalhador”, O Papa Pio XII instituiu uma segunda festa em homenagem a ele, a festa de “São José Operário”. Essa, contudo, acontece no dia primeiro de maio.
São José é invocado também como o padroeiro dos carpinteiros. Na arte cristã, ele é representado tendo um lírio na mão, representando a vitória dos santos. Algumas vezes, ele aparece também com o menino Jesus, ora nos braços, ora ensinando a Ele a profissão de carpinteiro.

Revelações sobre o poder de intercessão de São José

São José é, sem dúvida, um dos santos mais importantes da Igreja. Ele é invocado como o santo que intercede a Deus por todas as nossas necessidades. São José tem, diante de Deus, privilégios únicos. A Igreja afirma que os espíritos do mal estremecem quando ouvem o nome de São José ser invocado. Pela intercessão de São José, podemos alcançar a saúde e a ajuda nas dificuldades. Através dele, as famílias podem alcançar a bênção de uma vida digna. Neste tempo de aflição e medo por conta do coronavírus, que possamos recorrer a São José para proteção de nossas famílias.

Oração a São José

A vós, S. José, recorremos em nossa tribulação e, depois de ter implorado o auxílio de Vossa Santíssima Esposa, cheios de confiança, solicitamos também o Vosso patrocínio. Por este laço sagrado de caridade que Vos uniu à Virgem Imaculada Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente, vos suplicamos
que lanceis um olhar benigno para a herança que Jesus Cristo conquistou com seu Sangue, e nos socorrais em nossas necessidades com o Vosso auxílio e poder. Protegei, ó Guarda providente da Divina Família, a raça eleita de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti -nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas; e, assim, como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei, agora, a Santa Igreja de Deus contra as ciladas de seus inimigos e contra toda adversidade. Amparai a cada um de nós com o Vosso constante patrocínio a fim de que, a vosso exemplo, e sustentados por Vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança. Amém.

Por: Rosângela Sales

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.



X