Notícias da diocese › 22/03/2018

Faleceu aos 90 a Irmã Maria Auxiliadora, OP

 

Irmã Maria Auxiliadora
(Odette Moreira de Souza)

Nasceu no dia 09 de agosto de 1927 às 5h da manhã na comunidade Paraná Pentecostes. Filha de dona Serafina Moreira de Souza e senhor Joaquim Manoel de Souza.
Entrou no Instituto Santa Teresinha para estudar aos 10 anos de idade, todavia o encanto pela vida religiosa bateu forte em seu coração e no dia 5 de fevereiro de 1959 ingressou como aspirante para congregação das Irmãs Dominicanas de Santa Maria Madalena no Brasil. No dia 08 de dezembro de 1959 iniciou o noviciado, recebendo o hábito religioso.
Em 09 de dezembro, do ano seguinte, fez os seus primeiros votos, prometendo a Deus viver uma vida casta, obediente as suas superioras e uma pobreza voluntária. Em dezembro de 1966 realizou os votos solenes, dando a Deus e a Igreja o seu sim definitivo.
Fez seus estudos no Instituto Santa Teresinha, na época chamado de normal regional, cujo objetivo era a formação de professores para atuar de 1ª a 4ª série. Em seguida, entrou no curso José de Anchieta. Formou-se em Pedagogia na cidade de Rio Branco. Trabalhou muitos anos como professora na extinta comunidade São Domingos em Eirunepé, no Amazonas; na Comunidade Joana da Aza em Porto Walter; na Comunidade São Domingos em Mâncio Lima.
Morou por dois anos na comunidade Santa Catarina de Sena em Rodrigues Alves, ajudando nos afazeres domésticos e nos trabalhos pastorais. Em seguida, veio morar em Cruzeiro do Sul, sendo sua vida feita de idas e vindas devido ao seu extensivo trabalho e aprendizado.
Em 9 de Agosto de 2017 completou seus 90 anos, e já apresentava uma afeição abatida em relação a sua saúde. Fato este que se agravou no dia 15 de março de 2018 quando a mesma foi levada emergencialmente ao Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul no Acre, permanecendo na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) até 11h20min do dia 22 de março, quando foi constatada sua morte com a falência múltipla dos órgãos. O seu corpo está sendo velado na capela do Convento Santa Cruz do Instituto Santa Terezinha, com a presença de amigos e familiares. Seu sepultamento será dia 23 de março de 2018, saindo do Instituto Santa Teresinha às 8h30min da manhã para Catedral Nossa Senhora da Glória, onde será realizada uma missa de corpo presente às 9hs da manhã. Seu sepultamento será no Cemitério dos Religiosos, situado no bairro Santa Teresinha, no Seminário Maior.
Deixou como legado, a força, a obstinação, a coragem e a perseverança de que um “Guerreiro nunca morre”, perpetua-se. Teve uma via devota em orações, sendo um exemplo quanto religiosa. Mesmo com a visão debilitada, a sua memória permanecia intacta e fez de seus últimas dias, momentos de oração e fidelidade a Deus.
Das Irmãs Dominicanas e do Instituto Santa Teresinha fica nossa eterna gratidão por sua vida de completa doação.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.