Notícias da diocese › 30/07/2020

Comunicado importante para o Novenário de Nossa Senhora da Glória 2020

Caríssimas irmãs é irmãos,

estamos já bem perto do nosso novenário e queremos celebrá-lo com toda fé e amor. Durante mais de 100 anos o povo cristão da nossa região prestou sua homenagem à mãe de Cristo e nossa mãe através da novena e de uma bela procissão no dia 15 de agosto.

Também neste ano vamos ter o nosso novenário: e vai ser um novenário especial porque os tempos são especiais. Como a pandemia não está vencida – ao contrário, continua ceifando vidas, também na nossa Diocese – nós vamos seguir as determinações das autoridades competentes: não vamos ter o novenário presencial, mas vamos celebrá-los em nossas casas, acompanhando pela rádio e as redes sociais a novena nos 4 horários previstos: 9 da manhã, meio-dia, 3 da tarde e 7 da noite. Neste último horário vamos também ter a celebração da Santa Missa, implorando a cura da pandemia para o mundo todo, mas especialmente para o povo da nossa diocese.

Vamos invocar de Deus, pela intercessão de nossa Senhora, a sua bênção, a sua cura para todos, de todas as idades, de todas as igrejas e religiões, de todos os partidos e torcidas, porque somos todos irmãos e porque o inimigo é comum. Quero lembrar que quem nos impede de celebrar presencialmente o novenário não é o Governador, não é o Prefeito – que, inclusive estão apoiando sua realização -, não é o Ministério Público, não são as autoridades sanitárias, mas é o coronavírus. Vamos nos unir e apoiar os responsáveis por tomar as decisões necessárias e pelos que trabalham diretamente no combate à pandemia.

Se Deus quiser e nós fizermos a nossa parte vamos ter muitos outros novenários presenciais, mas a vida é uma só e temos que cuidar dela porque é um presente de Deus.

Se durante o Novenário passarmos para a fase amarela, então iremos reabrir as Igrejas com todo prazer.

Alguém dirá “cadê a nossa fé?”. Eu quero lembrar que em várias ocasiões Jesus evitou os perigos fugindo dos lugares em que queria matá-lo. Assim está em João 7, 1 onde lemos: “Jesus percorria a Galileia. Ele não queria andar pela Judeia porque os judeus o procuravam para matá-lo” e sempre em João 10, 39-40: “Buscavam de novo prendê-lo, mas ele escapou das mãos deles e retirou-se novamente para o outro lado do Jordão e ali permaneceu”. Jesus confiava em Deus e não era covarde: Ele é nosso mestre também em nos defender dos perigos e o perigo agora se chama coronavírus. Não vamos tentar a Deus!

Na nossa catedral temos a bela pintura de Nossa Senhora vencendo o Dragão, lembrando a passagem bíblica de Apocalipse capítulo 12: aquele dragão enorme que derruba 1/3 das estrelas do céu representa neste ano o coronavírus, pequeno, mas tão terrível. Na nossa diocese mais de 100 famílias choram seus entes queridos mortos pelo coronavírus. Não queremos que mais pessoas tenham a mesma terrível experiência.

Convido todos a participar do novenário em casa acompanhando pelo livreto que foi preparado e que pode ser encontrado nas secretarias paroquiais, na livraria diocesana e em várias lojas parceiras.

As lives artísticas vão acontecer normalmente, porque já estava programadas acontecer sem a presença do povo. Para o dia da festa (15 de agosto), vamos aguardar ainda uns dias, antes de tomarmos a decisão: mas estamos preparando as missas e a carreata que, se Deus quiser, irão acontecer.

O novenário vai ser realizado, sim! Para dar glória a Deus, para homenagear nossa Senhora e para nossa cura. Vai ser especial e daqui a um tempo nos lembraremos dele com saudade, porque vamos fazer um novenário muito, muito bonito mesmo.

Muitas bênçãos e saúde para todos! Amém.

Dom Flávio Giovenale

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.



X